Vai ficando cada vez melhor… (parte 2)

Atibaia, 23 de abril de 2018

Ouvindo “Amar alguém” – Marisa! ♥

Letra e melodia desta música são lindas e ilustram bem o sentimento do post de hoje. É que neste final de semana vivi um momento tão especial que decidi fazer do post “vai ficando cada vez melhor” uma série com marcos inesquecíveis da maternidade pra mim.

Era pra ser só mais uma festinha de aniversário, mas foi a primeira vez que os meninos ficaram tranquilos e brincando enquanto as horas passavam… fiquei tão feliz por isso estar acontecendo que aproveitei as duas taças de espumante que bebi como uma forma de celebração, um presságio de que ‘tudo muda o tempo todo’ e que ‘nada é, tudo está’.

O tempo vai passando… a exaustão diminuindo… as noites voltando ao normal… e novas fases vão surgindo. Nada paga a alegria de saber que estive/estou presente em cada um destes momentos de alegrias imensas, mas também de desafios incontáveis.

Ter me tornado mãe me fez uma mulher diferente.
Uma das coisas que meus filhos mais me ensinam diariamente, é que é sempre possível fazermos mais, que conseguimos ir mais além se for de nossa vontade genuína.
Eu espero me lembrar disso quando todo o tempo do mundo estiver novamente disponível pra mim; espero me lembrar o quão múltipla sou neste momento da minha vida e o quanto me sinto vivendo de maneira plena, por inteira; o quanto eu consigo realizar quando estou focada e com a mente organizada. Quando me faço presente em cada momento do meu dia.

Li um texto hoje incrível que cabe muito com o que eu e meu marido vivenciamos. Sempre brinco com ele que se nosso casamento passar por este ponto desafiador que são filhos tão pequenos e dependentes, não nos separamos mais – rs.

Por enquanto, seguimos nessa louca aventura juntos, às vezes com a cara virada, às vezes grudados, às vezes apenas seguindo o barco: mas as mãos estão sempre ali, juntinhas, caminhando na mesma direção.

Enquanto nos fizer bem, que continue assim! ♥

Filhos não salvam casamento. Eles vêm para fortalecer o sentimento que já existe.
Porque não há coisa mais sexy que um marido compreensivo. Não há cena que acelere o coração mais que ver seu marido cuidando do seu filho para não te acordar. Não há nada mais lindo que aquela brincadeira boba de jogar criança para cima. Todo mundo acordado às 6h no domingo na cama. Muito cheiro. Muito beijo. Muito abraço. Muito barulho.

E aí a gente entende que aquelas fugidinhas entre uma soneca ou outra dos meninos são a maior prova de amor que você já recebeu e deu para alguém. Que abrir mão do seu restaurante favorito para ir almoçar naquele outro que tem uma área Kids super legal também é uma declaração de amor.

Você dá sua alma e seu corpo de bom grado para viver tudo isso dia após dia.
Porque sim, é o maior amor do mundo. Mas esse amor dá trabalho.

Autora: Depois de Mãe

Que o amor e a vida em família sempre vençam!

“Amar alguém só pode fazer bem…” 

IMG-20180416-WA0005

Meu beijo,
L.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.