Só isso me basta.

Estou inaugurando a minha lista de desejos, com um pouco de sonho e alguma sobriedade. Há dias que o pouco me basta. Há outros que o muito ainda não é o bastante. Das sobras de tranquilidade, quero um pouco de paz. Um trabalho prazeroso, que dê pra pagar as contas, acho que isso não é demais. 

Quero fé e alegria. Um pouco mais de tempo para cumprir minha agenda sem deixar nada para o dia seguinte. Quero resolver minhas urgências, com certa tranquilidade. Dar significado ao que é importante e descartar o que não altera a vida. O direito de fazer escolhas. Ser o que digo que sou. Falar com convicção. Errar e ter absolvição. Esquecer as informações desnecessárias e fixar o olhar no essencial. Quero acordar bem disposta. Ter força suficiente para os vendavais. Não desistir facilmente. Acreditar no dia seguinte. Encontrar o remédio exato para a dor de cabeça, a confusão na alma, a indecisão na mente. E dos piores sintomas, constatar que são apenas enganosos. 

Só quero ser livre para viver a crise. Sair dela. Continuar viva. Descartar os bagaços. Fugir pra lua. Pisar no céu e voltar pra terra quando sentir vontade. Ser normal e assumir os surtos. Falar bobagens. Fazer silêncio. Dizer não sem culpa. Reciclar o que não importa. Transformar o que for possível. Atravessar as pontes sem medo. Assumir as culpas. Curtir a solidão e sair dela. Esquecer esse lance de dar satisfação. 

No duro, eu só quero um tempo. Sobreviver sem avisar. Desapontar as minhas mágoas e me ver livre delas em definitivo. Jogar no lixo a coletânea de saudades. Não desperdiçar energia. Não resistir às mudanças. Ter vontade compatível com a minha capacidade e realizar. Eu só quero criar juízo e me dar um jeito de não antecipar as crises. Encarregar o tempo dos seus desencantos sem apressar a história. Viver por temporadas. Ganhar a vida com uma mochila mais leve. Eu só quero me dar um singelo puxão de orelhas para não correr o risco de andar apressada e entrar nos atalhos. Eu só quero ficar mais perto do imprevisível, reeducar a ansiedade e não perder calorias com as esperas, porque elas são inevitáveis. Eu só quero ser passível de tudo isso, sem perder o encanto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.