Publicado em Vida real

Os 6 anos de Beni.

Atibaia, 22 de julho de 2020.

Ouvindo 93 miles, de Jason Mraz.

Filho,

hoje você completa 6 anos de vida. E eu, de renascimento.
Se tivesse que descrever a sua chegada em uma palavra, ela seria EXPANSÃO.

Seus olhinhos brilhantes expandiram meu olhar sobre o amor.
Ter ficado na UTI quando nasceu expandiu o meu olhar sobre a fé.
Minha capacidade de te acalmar expandiu meu olhar sobre meus superpoderes.
O jeito como a colher de pau bastava para suas brincadeiras quando era mais novo expandiram meu olhar sobre a simplicidade.
Suas gargalhadas expandiram meu olhar sobre a presença.
Suas indagações expandiram meu olhar sobre o mundo que quero construir por você.
Seu instinto radical me expande o olhar sobre tudo que tenho medo.
Nossas discussões me expandem o olhar sobre os desafios de educar.
Ver sua alegria em estar comigo e com o papai em casa me expande o olhar sobre a importância dos projetos de família.
Suas orações cada vez mais lindas e profundas durante o Evangelho no Lar me expandem o olhar sobre a força de crer em algo maior.
Seu jeito extrovertido me expande o olhar sobre o quanto tenho a aprender com você.
Sua euforia em celebrar seus aniversários me expande o olhar sobre o entusiasmo da vida.
Sua intensidade emocional me expande o olhar sobre a entrega.
Sua agitação me expande o olhar sobre minha quietude.
Sua rebeldia me expande o olhar para minhas sombras.
Seu carinho me expande o olhar para o que realmente importa para mim.
Seu sorriso escancarado me expande o olhar sobre os instantes mágicos.

Na alegria e na tristeza, nas descobertas, conquistas e desafios, você expande meu olhar para a transformação. Há 6 anos você nasceu. E eu, desde então, renasço em mim quantas vezes se fizerem necessárias, porque você é matéria-prima bruta para meu autoconhecimento.

Há 6 anos ganhei o presente de me tornar sua mãe.
E eu te agradeço por ter me escolhido, filho.

Que você seja sempre feliz, Beni.
Que sua teimosia te leve para grandes conquistas.
Que você SINTA, acima de tudo.
Que encontre o amor em suas mais diversas formas.
Que aprecie o belo da vida.
Que siga protegido pelos seres de luz.
Que encontre a paz dentro de você.
Que suas revoltas te impulsionem para fazer diferente, melhor.
Que sua curiosidade te abra muitas portas.
Que seu jeito cativante seja sua marca registrada.
Que chore muito mais de alegria que de frustrações, mas que não tenha vergonha de chorar.
Que você entenda que demonstrar sentimentos está muito mais aliado à força que à fragilidade.
Que você sempre tenha em quem confiar.
Que tenha sempre bons amigos para compartilhar dores e delícias.
E que, assim como diz a música, “Just know, wherever you go, you can always come home”.

Voa, meu Passarinho.
Foram tantas conquistas este ano.
Tenho muito orgulho de você, filho. Mesmo.

Feliz aniversário! Feliz vida!

Eu te amo.
Do âmago. Do umbigo,
Mamãe.

Autor:

Uma alma pulsante!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.