7 minutos.

Atibaia, 27 de setembro de 2021.

Hoje consegui pausar por 7 minutos durante a tarde.
Depois de entregar uma demanda, senti um sono absurdo.
Lembrei da meta de voltar a observar meu corpo e os sinais que ele me dá.

Levantei, peguei uma mexerica, fui lá fora, sentei na rede e descasquei lentamente pra sentir aquele aroma cítrico que eu amo. Respirei profundamente. Olhei o céu.

Vi que ainda me restavam 3 minutos. Deitei na rede e fechei os olhos. Ouvi um carro barulhento passando. Ouvi uma panela de pressão trabalhando. Senti o cheiro de um bolo recém saído do forno. Ouvi passarinhos conversando. De repente, senti o vento, pensei que pudesse ser o presságio da chuva.

Quantas coisas cabem em 180 segundos?

Abri os olhos, pisei descalça na grama, me espreguicei e voltei pra cumprir minha jornada.

7 minutos restauradores.

Me senti feliz por fazer isso por mim… instantes mágicos escondidos no cotidiano que fazem com que cada dia seja único.

A foto que ilustra este post é de um outro hábito que venho deixando pra trás, envolta à loucura do dia a dia: tirar fotos do pôr do sol. Este com participação especial do Beni.

Não importa onde você parou. Todo dia é dia de recomeçar.

“O superpoder de fazer um pouco todos os dias…”

💗

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.