O que pode acontecer em 30 dias?

Atibaia, 13 de outubro de 2017.

Ouvindo Closing Time – Semisonic. (Como amo esta música… já gostava antes, mas depois do final de “Amizade Colorida” ela sempre me remete a finais felizes) 

Dia 14 de setembro foi o último dia que escrevi no blog.
Faço um review deste mês que deixei de passar por aqui. Quantas coisas são possíveis de acontecerem em 30 dias?

– Um inferno astral pode terminar.
– Uma festa surpresa pode acontecer.
– Uma viagem em família pode ser surpreendente.
– Uma mãe pode ter sua primeira ressaca após 3 anos de “pura lucidez”
– Uma mudança de casa pode mexer com a rotina de uma família.
– Um filho pode se empolgar bastante com o novo quarto de herói, mas ainda preferir dormir juntinho de sua mãe.
– Um novo desafio profissional pode surgir.
– Uma monografia pode estar prestes a acabar.
– Um filho caçula pode dizer “eu te amo” pela primeira vez para seus pais.
– Uma exposição que poderia ter sido muito legal pode não ter sido tão legal assim.
– Uma família pode assistir junto ao mesmo episódio de uma série que os filhos amam por umas 299 vezes.
– Namorados, noivos ou casados podem assistir a alguns episódios da série favorita e serem felizes com pouco.
– Um surto pode acontecer por conta do cansaço e noites mal dormidas.
– Um reencontro com pessoas da infância podem ser capazes de fazer seu coração vibrar de forma única e te dar a certeza de que tudo sempre valeu a pena.
– Encontros em família podem se tornar tudo o que você precisa em determinado momento.
– Você pode provar a dor de certos afastamentos, mas entender que é o melhor que pode acontecer.
– A visita ao centro ou a qualquer local de orações e preces pode voltar a se tornar recorrente, já que energias são fontes infindáveis de paz e amor.
– E indo ao centro você pode chorar para esvaziar a alma, sem se preocupar com o que todos estão pensando.
– Você pode perder o ar ao admirar diariamente os quadros pintados pela natureza quando simplesmente paramos e olhamos para o céu.

Tudo isso aconteceu em minha vida.
Eu me sinto esgotada, mas feliz.
Feliz por em 30 dias seguir sentindo minhas emoções de forma genuína.
Feliz pelos momentos com minha família. Feliz porque estou finalizando minha pós graduação. Feliz por seguir cheia de novos desafios no trabalho. Feliz por imaginar quantos planos já foram concretizados… e por me lembrar que tantos outros estão vindo pela frente.

Para os próximos 30 dias, entrego a última versão da minha monografia. Volto a trabalhar também como redatora – e não apenas como gestora de projetos. Quero fechar a próxima viagem de descanso em família. Quero voltar a buscar meus filhos às 17h na escola. Quero ter mais tempo pra deitar na grama com eles e olhar o dia se despedindo. Quero escrever pelo menos duas vezes no blog – e não apenas uma. Mas quero, acima de tudo, seguir SENTINDO. Sentindo o amor, a alegria, a gratidão.

Já fez seus planos para os próximos 30 dias?
Sem sonhos… somos nada!

Meu beijo,
L.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.