Tchau, 35. Oi, 36.

Atibaia, 21 de setembro de 2021.

Já faz 5 dias que aniversariei. Foi um dia delicioso, com day off depois de muitos anos… ganhei um bolo surpresa maravilhoso da Fá, almocei com o Lu e meus pais, passeei a tarde toda com a minha mãe, fomos tomar um café com minha irmã e lanchamos em casa à noite. Tudo muito especial!

Já fazia um bom tempo que minha escolha para o aniversário era viajar para praia com meus meninos, pra sentir a energia do mar, pisar na areia, assistir ao pôr do sol e me conectar a esta energia de renovação. Mas não este ano.

Perder meus sogrinhos me fez ter ainda mais vontade de celebrar cada momento da vida. Cada conquista, por mínima que fosse. Entrar na energia da aceitação e da gratidão quando tudo está um caos é super desafiador… tiveram dias que foram muito, muito difíceis, só eu e o Lu sabemos. Mas também tiveram dias de calmaria, que fizeram valer por muitos.

Escolhi o Terranova como lugar de celebração.
Além de ser lindo, aberto, um lugar onde me sinto segura.

As pessoas que estavam lá tinham um propósito lindo para mim: além do amor e amizade em si, elas me conectavam a partes de mim. Relembrei com amor da Lillian que fugia de casa na infância, da menina do escoteiro e amante de pagode na adolescência, ao encontro do amor, à Lillian já adulta enquanto mãe. Eu me via ali, numa alegria sem tamanho por aquela oportunidade, por toda amizade que permaneceu ao longo dos anos, por olhar para minha própria história e me sentir confortável e orgulhosa de todo caminho até aqui.

É saber que tenho pessoas para compartilhar dores e alegrias, e ao mesmo tempo, que aceitam quando prefiro momentos de solitude. Pessoas que me aceitam como sou, com quem não preciso fingir papel algum.

Foi um ano desafiador e maravilhoso ao mesmo tempo.
Exigiu de nós um equilíbrio fora do normal para lidar com emoções tão antagônicas.
U m m i n u t o d e c a d a v e z. Este foi o mantra.

Por isso, viver este dia fora do tempo foi tão especial. Único. Inesquecível.
Gratidão por tudo, Deusinho.
Que meus 36 tragam toda maturidade para viver cada dia com mais disposição, saúde, e lentes coloridas para enxergar sempre o belo da vida, especialmente no caos.

Escolho “Clareou” como minha música do ano.
Bora viver!

Meu beijo,
L.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.