Atibaia, 4 de maio de 2020.

Ouvindo “The Way You Look Tonight”, do meu cantor favorito Rod Stewart

Foi o Lu quem me contou que a Conquer tinha liberado gratuitamente o curso de Inteligência Emocional nesta quarentena, porque ele sabe o quanto me sinto atraída por assuntos como esse.

O tempo foi passando e pensei que não conseguiria incluir meus estudos no dia a dia, mas um e-mail lembrete na semana passada me ajudou a ter como meta me permitir este presente.

Realizar as aulas, os exercícios em tempo real, mergulhar naquele que se transformou em meu momento de meditação diários me trouxe uma experiência linda!

Foi muito mais que simplesmente adquirir novos conhecimentos. Foi um processo onde encontrei minhas forças. Foi a revisão de tudo que poderia ser melhor durante esta quarentena.

Foi a descoberta de que meu otimismo e olhos de enxergar o extraordinário no ordinário é uma habilidade que muitos não possuem e que pode ser treinada a partir do que se chama ‘ativação reticular’.

Foi o treino da Comunicação Não Violenta para discutir assuntos com meu marido, que também é meu sócio e tentar ativar muito mais o lado racional do meu cérebro que o emocional, que gerava antes tanto desgaste na comunicação.

Foi a rotina estabelecida como um dos pilares da felicidade. E que trouxe resultados desde o dia um.

Foi a descoberta de que meu repertório de vida me fez chegar à conclusão que trabalhar com cultura organizacional é minha grande paixão, e que, apesar de não ser formada na área, sempre imprimi esse meu lado em absolutamente todos os lugares por onde passei.

Foi a descoberta que ainda tenho um longo caminho na prática do autoconhecimento e da gestão das minhas emoções.

Foi ver que inacreditavelmente minha maior habilidade está na sociabilidade, o que quebrou de vez minha crença limitante de que não me dou com ‘gente’ apenas pelo fato de observar mais e ter mais escuta ativa que ter o tempo todo tempo de fala. Descobri que isso é uma baita qualidade.

Fazer este curso foi descobrir que tenho ainda pontos de melhoria para transformar o modelo reativo em modelo antifrágil, mas que com exercícios práticos, é possível.

Ao responder ‘Quem sou eu’, me dediquei a olhar pra dentro e focar na essência, em quem eu sou e não em quem ‘estou’.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Pude de maneira muito prática encontrar meu propósito de vida.

Usando minhas capacidades de comunicação afetuosa, olhar sensível e escrita eu pretendo levar mensagens e experiências de amor e cuidado para minha família, meus filhos, meu marido, meus clientes, amigos e desconhecidos como a propagação de prosperidade para então me sentir plena por ter encontrado meu lugar e realizado minha missão no mundo.
{Meu propósito de vida}

Este curso representou muito mais que 10 horas de conteúdo.

Representou uma série de novos conceitos, novos olhares, quebra de paradigmas. Foi um grande presente nesta quarenta.

Estudar faz meu coração vibrar.
Meu beijo,
L.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.